Porque Todas as Crianças devem Aprender Artes Marciais

Faz um bom tempo que venho tentando postar uma matéria a respeito da prática de Artes Marciais com crianças, então achei esse maravilhoso texto no blog KuoshuBR. Recomendo acessá-lo, pois há conteúdos interessantes sobre a cultura oriental... 

"Porque Todas as Crianças devem Aprender Artes Marciais"

Eu acredito que a educação em artes marciais seja essencial para todas as crianças. A razão pela qual acredito nisso são as lições aprendidas nas artes marciais, nossos 'programas de estudo dos professores,' fornecem habilidades cruciais para jovens adultos (e cidadãos seniores!). Eles irão usar e aplicar estas habilidades no processo de viver e ganhar esclarecimento. Ainda assim, estas habilidades não são ensinadas em escolas públicas ou ensinadas facilmente por seus pais. Apesar deles tentarem ensinar algumas das habilidades na vida e princípios que são parte das artes marciais, como paciência, honestidade e esforço, existe outra habilidade que as crianças precisam mas os pais não ensinam.
Heróis da Defesa e Proteção Pessoal

Você talvez note que muitas crianças são atraídas para certos personagens em livros e entretenimento que conseguem resolver melhor seus próprios problemas. Normalmente, estes personagens são super heróis ou cientistas com tecnologia superior. Crianças procuram por estes heróis porque podem se defender, ou porque podem defender o que é moralmente correto, ou defender amigos e familiares. Heróis que superaram seus medos, e crianças são atraídas por esta qualidade.
Esta qualidade é válida de nossa admiração e devemos trabalhar em prol de ajudar as crianças a desenvolver ela e manter sempre com elas. O maior indutor de medo que as crianças podem encontrar é alguém querer machucar elas.
Você pode se lembrar de experiências infantis tendo medo de alguém porque ela poderia te machucar. Quando crianças não se sentem intimidadas ou paralisadas pelo medo, suas mentes clareiam e podem lidar com formas mais sutis de agressão, como pressão ou intimidação.
A Parte Mais Difícil da Defesa Pessoal

A parte mais difícil da defesa pessoal a ensinar é como reagir após ser atingido. Porque as crianças precisam aprender isto? Crianças pequenas podem ter propensão a intimidar e realizar pressão a seus pares. Assim que superam seus medos destas manifestações grotescas de agressão hostil, de serem atingidas, elas irão lidar melhor com formas de agressão mais sutis, como pressão e intimidação.
Ensinar crianças como reagir após serem atingidas é difícil para seus pais, pois para ensinar e aprenderem como contra atacar, você deve realmente atingir elas. Que pais você conhece que realmente grita, 'Desvie, Bloqueie, Chute!'? Bom, eu faço com minhas crianças, mas isto é porque minhas duas crianças (2º e 6º ano) são estudantes em minha própria classe de kung fu.
Instrutores de artes marciais ajudam estudantes a aprender como bater e contra atacar em um ambiente fora de perigo. Tais simulações de ataques e contra ataques podem não ser tão agressivas como seriam na realidade, e certamente não tão perigosas. No entanto, a prática segura de bater e contra atacar com contato, ensina defesa pessoal, afia a consciência do ambiente, constrói a fé em si mesmo,a auto confiança, fortalece o corpo e afia a mente da criança. Isto ensina à criança como pensar através da pressão, tomar decisões, ser persistente e continuar. Estas são todas habilidades extremamente valiosas através da vida.
Lutar

Crianças aprendem como lutar e o que acontece quando seu parceiro de luta atinge elas. Elas ganham habilidades de reflexo e a ideia de que, quando alguém me atinge, "Eu não tenho que encolher e me desfazer... estes ataques agressivos do meu oponente não irão me parar nem me machucar." Uma vez que aprendam estas valiosas lições, e quanto mais cedo aprenderem melhor, mais enraizada ficará a ideia de superar seus medos. Isto é importante porque queremos que nossas crianças sintam que possuam a força e confiança para se defender e fazer o que é certo.
Ao aprender Artes Marciais, elas aprendem muito mais que apenas defesa pessoal, existem outros esportes que envolvem contato. Não é só que as crianças estejam ganhando disciplina e princípios que irão utilizar pelo resto de suas vidas. Elas estão aprendendo a não congelar diante do medo quando alguém se torna agressivo com elas. Esta lição pode salvar suas vidas, apenas pergunte a Calysta, com 9 anos de idade.

Todos os pais, quando lerem a história de Calysta, irão rezar para que suas crianças reajam exatamente como ela fez. Calysta Cordova planejou sua própria segurança quando foi atacada e raptada por um homem anteriormente fichado por ataques a crianças. Calysta manteve os olhos abertos procurando por uma oportunidade de escapar do seu sequestrador, e quando a oportunidade veio, ela arriscou sua segurança temporária ao ficar com o sequestrador e o desafiou em frente a outro adulto para ganhar sua liberdade. Uma vez que havia um adulto em vista, Calysta aproveitou a chance de lutar por sua própria segurança. Se você não é familiar com a história de Calysta, pode ler sobre isso, assim como ver um video abaixo:

Postar um comentário